Sheila Simmenes apresenta mescla de jazz e música brasileira com olhar pop no álbum “Love Was Easy”

Trabalho marca estreia solo da musicista norueguesa

 

Das ruas de paralelepípedos de Bergen, na Noruega, à brisa oceânica de Ipanema, Sheila Simmenes apresenta composições elegantes onde promove um encontro afetivo e musical das tradições nórdicas e folclóricas brasileiras, jazz, pop e soul. “Love Was Easy”, disco de estreia solo da musicista e cantora, se traduz no som das ondas batendo no litoral, ritmos brasileiros, jazz nórdico e melodias sofisticadas.

 

Ouça “Love Was Easy”: https://smarturl.it/LoveWasEasyAlbum

 

Depois de uma sequência de singles onde atestou o caráter plural do seu trabalho autoral, Sheila Simmenes une em “Love Was Easy” suas influências de Lisa Ekdahl, Silje Nergård, Portishead e Selah Sue, passando ainda por Erykah Badu, Leo Middea, Yuna, Amel Larrieux e Melody Gardot.

 

A jornada do álbum começou ainda em 2015, quando Sheila entrou em estúdio no Rio de Janeiro com o guitarrista Per Olav Kobberstad e o lendário percussionista Robertinho Silva para gravar as primeiras demos. O restante das gravações aconteceu no Estúdio Kongshavn, na sua Kristiansand natal, com o ganhador de múltiplos Grammys Bjørn Ole Rasch (Secret Garden, Annbjørg Lien) assinando como produtor ao lado de Simmenes.

 

Seis anos e dois filhos depois, a cantora de jazz está finalmente emergindo com seu álbum de estreia e um som que habilmente combina uma miríade de propostas sonoras, resumidas na alcunha da world music. Musicalmente, “Love Was Easy” preza pela construção 100% orgânica e analógica, com um toque de nostalgia. Liricamente, o álbum vai do norueguês ao inglês, passando pelo português do Brasil.

 

Na última década, Sheila Simmenes evoluiu no underground nórdico, participando de muitas formações dentro do soul, hip hop, reggae e jazz. Contribuiu em diversos lançamentos de artistas como LAUREN, Satin Jackets, Taeyeon, Jørgen Dahl Moe, Sam & Sky, LEO – Love Exit Orchestra, e mais.

 

“Este álbum foi uma longa jornada e nele coloquei muito amor. Eu acredito que o ouvinte pode escutar e sentir o calor, as melodias delicadas e doces no trabalho instrumental de meus músicos e colaboradores neste álbum. Para mim, o processo tem sido inteiro sobre unir as pessoas, tanto no estúdio quanto para ouvirem estas músicas ao vivo”, reflete Sheila.

 

 

Esse improvável encontro da Escandinávia com o Brasil oferece uma sonoridade única ao trabalho de estreia solo de Sheila Simmenes, já disponível para streaming nas principais plataformas.

 

Ficha técnica

 

Vocal principal e compositora: Sheila Simmenes

Vocais de apoio: Sofia Aarvik, Kristin Dahl e Veronica Andersen

Violino: Yeisy Rojas

Saxofone: Michael Bloch

Trompete: Tore Bråthen

Baixo: Fredrik Sahlander e Peter Mesquita

Guitarra: Per Olav Kobberstad

Percussões: Jørn Rud e Robertinho Silva

Piano/Synth: Bjørn Ole Rasch e Eirik Ask

Bateria: Trygve Tambs-Lyche e Per Elling Kobberstad

Técnicos de gravação: Jaran Gustavson, Roald Råsberg e Marcelo Frisieiro.

Mix: Nils Wingerei

Masterização: Morgan Nicolaysen.

Produtor: Bjørn Ole Rasch

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações: Nathália Pandeló Corrêa –  Build Up Media   – http://www.buildupmedia.com.br